Antologia Literária Satúrnia – Autores Luso-Canadianos

Manuel Carvalho, a writer and editor from Montreal, has been collecting the contribution of Portuguese writers in Canada for over twenty years. His work has culminated in an important publication of over 120 Luso-Canadian writers, Antologia Literária Satúrnia – Autores Luso-Canadianos.

The anthology of over 400 pages, a significant addition to the documentation of the canon of the Portuguese diaspora in Canada, is primarily in Portuguese, with a few texts in English and French. The selection criteria for inclusion in the anthology was that a writer be already published in book form. However, Manuel Carvalho made a couple of exceptions and included two texts from writers not yet published. I am overjoyed to be one of them.

I am extremely honoured and delighted that he chose my English written essay, Being Through Words, originally posted on my blog, as one of the exceptions made. I am very proud to be included in this collection (page 379) and offer my heartfelt obrigado to Manuel Carvalho.

Making the anthology available to readers during a pandemic has proven a great difficulty. However, despite no official book launch dates, copies were distributed to those who attended the Toronto launch for Avós: Raízes e Nós this past September.

The anthology is currently available for download on PDF and I encourage all those who can read in Portuguese to have a look at this collection which gathers a wide variety of Portuguese writers in the diaspora who, despite living far from their geographical roots, continue to write in Portuguese but also in the languages of acolhimento, the official bi-lingual languages that welcomed us into the Canadian social landscape.

Here’s a couple of articles, in Portuguese, about the anthology:

http://www.avozdeportugal.com/antologia-literaria-saturnia-autores-luso-canadianos/

https://www.mundolusiada.com.br/artigos/producao-literaria-nas-comunidades-portuguesas-em-tempos-de-pandemia/

About thetorzorean

The musings of a torontonian azorean on identity and belonging. You can find me at https://thetorzorean.com/
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

29 Responses to Antologia Literária Satúrnia – Autores Luso-Canadianos

  1. Ilda says:

    You have a place well-deserved in Manuel Carvalho’s anthology, Emanuel!

    Liked by 1 person

  2. Definitivamente merecido, Emanuel. Parabéns! Sou “relativamente novo” aqui pelo blog, mas vou procurar esse texto para o ler! Abraço!

    Liked by 1 person

    • thetorzorean says:

      Muito obrigado, Miguel. Aprecio o seu interesse. Basta clicar nas palavras Being Through Words do post e podes ler. O texto é curto e não te vai roubar muito tempo para a leitura. Lol Um abraço, Emanuel

      Like

  3. Alex Antunes says:

    Parabéns, Emanuel!

    Imagino o quanto seja importante para você não perder os laços afetivos com sua terra de origem.

    Eu li o seu texto Being Through Words e gostei muito. Confesso que meu inglês é bem básico, na verdade se tornou bem básico, mas isto já é outra história… Mas o que eu quero dizer é que li seu texto com a ajuda de um tradutor. Espero que não se importe.

    Acho engraçada essa ligação do português com o inglês.Não sei se isso é coisa da minha imaginação, mas me parece que há sim uma ligação entre português e inglês. Gosto de pensar como exemplo disso Fernando Pessoa que falavam eximiamente os dois idiomas!

    Melhor dizendo, acho que os falantes da língua portuguesa, como brasileiros e portugueses, sentem um fascínio pela língua inglesa. Ou talvez isso seja uma opinião apenas minha… ??? Não sei…

    Liked by 1 person

    • thetorzorean says:

      Olá Alex,
      Fico muito agradecido por teres lido o meu texto. Geralmente escrevo em inglês, mas de vez em quando gosto de usar as palavras portuguesas, e, então vais encontrar palavras portuguesas misturadas com as palavras inglesas nalgumas das minhas escritas.

      A relação entre o português e o inglês já vem dos longos séculos entre Portugal e a Inglaterra, por isso não estranho a fascinação pelo inglês. No meu caso, vim para o Canadá quando tinha nove anos e comecei a lidar mais com o inglês do que o português. Mas nunca esqueci as minhas raízes açoreanas, da ilha de São Miguel, apesar de viver estes longos anos fora da terra materna. Hoje tenho 62 anos! Imagina o tempo que já se passou!

      Mais uma vez, muito obrigado pela sua leitura do meu texto, mesmo com a ajuda do tradutor. Todos nós precisamos de tradução de vez em quando.

      Abraço, Emanuel

      Like

      • Alex Antunes says:

        De nada, Emanuel!

        Obrigado pelo feedback.

        Aqui no Brasil, nós também gostamos de misturar inglês com português, ou melhor, português com inglês. Mas o contexto e a motivação são diferentes, já você o faz por motivos literários e culturais pelo que entendi.

        Aqui no Brasil é mais por causa do “imperialismo americano”, mas não digo isso por crítica amarga; na verdade, admiro os americanos e a sua cultura.

        My English is terrible. But maybe once I might try to write a comment more simple without the help of a sowftware of translation.

        Um abraço!

        Alex

        Liked by 1 person

      • thetorzorean says:

        Fica à vontade, Alex. Podes escrever em inglês se quizeres praticar um pouco. Emanuel

        Like

      • Kathie B says:

        Alex, na América do Norte temos o pídgin “portinglês”! O grande périto dele era o Dr. Leo Pap.

        Like

      • Alex Antunes says:

        Katie, achei muito interessante seu comentário. Não sabia que existia esse dialeto chamado “pídgin”. Que interessante! Também não conhecia do Dr. Leo Pap. Ele é americano? É um lingüísta? Como o mundo é grande e cheio de novidades! 🙂

        Sem querer fugir muito do assunto, eu acho que os brasileiros estão criando uma nova língua. Pelo menos, isso não é uma opinião muito difícil de encontrar dentro dos ambientes escolares e universitários. De certa, forma sinto pena por isso, pois o português é uma língua especial, assim como também o inglês o é. 😀

        Like

      • Kathie B says:

        Pode obter através do internet?
        “The Portuguese-Americans”
        Author: Leo Pap
        Publisher: Boston: Twayne Publishers, 1981
        https://www.worldcat.org/title/portuguese-americans/oclc/644309686?referer=di&ht=edition

        Sem dúvida, o Dr. Pap já está morto.

        Like

      • Alex Antunes says:

        Obrigado pela indicação do livro, mas acho que não consigo obtê-lo através da internet.

        Like

      • Alex Antunes says:

        Thank you, Emanuel! I’m going to start practice my English right now. Probabily I won’t be able to write something more complex, but the little bit of English that I might express will help me to remember what I already studied. 🙂 👓 📘

        Liked by 1 person

      • thetorzorean says:

        Well, your English is already good, so I hope you keep practicing. That’s what I do with my Portuguese.

        Like

      • Alex Antunes says:

        Thank you, Emanuel! I’m happy that you have found my English good. I will try to keep practicing. But probably I will stumble in many grammars errors and misspellings. I’m also happy to have found your blog, because it is very interesting. It has a visition of the world as you a speaker of Portuguese and English. Besides that, I like to talk with Portuguese people. You Portuguese help me discover my historical roots as Brazilian.

        Liked by 1 person

  4. Dawn Wink says:

    Parabéns, Emanuel! Congratulations and congratulations! What a beautiful work you’ve created. Thank you ever so much for including the PDF. I look forward to reading! I’m fluent in Spanish, so can understand when I read and hear Portuguese. Very grateful now, so that I may read your work.
    Warmly,
    Dawn

    Liked by 1 person

    • thetorzorean says:

      Thanks so much, Dawn. Although this anthology is mostly in Portuguese, my text, Being Through Words, is only in the English version as I did not provide a translation. I hope you enjoy reading it. Appreciate your support. Abraço, Emanuel

      Like

  5. Kathie B says:

    Parabéns, amigo! Of course, you ARE already a published book (co-)translator).

    Liked by 1 person

  6. twasonline says:

    Congratulations on the publication of Being Through Words!!!

    Like

  7. dulcedelgado says:

    Parabéns pela inserção do seu texto nessa antologia de autores luso-canadianos… e também por continuar a regar tão bem essas suas raízes lusas!

    Liked by 1 person

  8. Muitos parabéns Emanuel! Vou ler esse texto.
    Um abraço.

    Liked by 1 person

  9. Muitos parabéns!
    Abraço! 🙂

    Liked by 1 person

  10. Pingback: Book Launch: Smiling in the Darkness by Adelaide Freitas | Emanuel Melo torontonian azorean writer

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s